quinta-feira, maio 26, 2005

Centrifugação



À subalternidade sucedeu-se a marginalidade - os novos pobres só são actores num único palco, o da exclusão social. A sua marca pode sintetizar-se no prefixo "sem": sem-abrigo, sem-papéis, sem-poder. O que a caracteriza é a sua centrifugação de toda a relação com o centro, colocando-os na situação de relegados e oferecendo-os como espectáculo da desafiliação, da deambulação pela cidade impessoal e imensa, da deriva de sítio em sítio sempre à margem dos lugares.

Luís Fernandes

1 comentário:

Ricardo Alves disse...

Meu caro o uso de fotografias no seu blog realmente melhora a qualidade do mesmo mas viola uma regra muito basica que é a de utilizar obras de outras pessoas sem a devida autorização.

Neste caso a fotografia que é de minha autoria esta a ser utilizada como sabe sem a minha autorização assim como a maioria das fotos que se encontram neste blog.

Vai dai não seria ma ideia pedir autorização aos autores previamente para utilizar as fotos .

Um abraço