quinta-feira, maio 26, 2005

Amigos

....


As pessoas morrem quando nos decepcionam e, para nossa perplexidade, com elas morre sempre um bocadinho, mais ou menos indecifrável, dentro de nós.

Eduardo Sá
outras nunca morrem...

2 comentários:

Anónimo disse...

Sei que não o farias nunca mas confesso que gostaria de ver uma foto dos três...não te preocupes em demasiado (e sem nada de "catolicises") ele está sempre contigo, bem perto...o amor não se esquece...nunca...simplesmente deixa-se de ver, não de sentir...

Biomechaenoid disse...

Grande Hoka!!!

Saudades........