segunda-feira, março 20, 2006

Ainda Álvaro de Campos...

Foto Vitor MM Sousa


O Sono

O sono que desce sobre mim,
O sono mental que desce
fisicamente sobre mim,
O sono universal que desce individualmente sobre mim
Esse sono
Parecerá aos outros o sono de dormir,
O sono da vontade de dormir,
O sono de ser sono.
Mas é mais, mais de dentro, mais de cima:
E o sono da soma de todas as desilusões,
É o sono da síntese de todas as desesperanças,
É o sono de haver mundo comigo lá dentro
Sem que eu houvesse contribuído em nada para isso.

O sono que desce sobre mim
É contudo como todos os sonos.
O cansaço tem ao menos brandura,
O abatimento tem ao menos sossego,
A rendição é ao menos o fim do esforço,
O fim é ao menos o já não haver que esperar.

Há um som de abrir uma janela,
Viro indiferente a cabeça para a esquerda
Por sobre o ombro que a sente,
Olho pela janela entreaberta:
A rapariga do segundo andar de defronte
Debruça-se com os olhos azuis à procura de alguém.
De quem?
Pergunta a minha indiferença.
E tudo isso é sono.

Meu Deus, tanto sono! ...


Álvaro de Campos

1 comentário:

José da Silva Maurício disse...

Aqui vai um Poema sobre a Dôr.

? Porque é que nós Portugueses somos um Povo Doente, Triste, Coitado, Inculto, Atrasado, e Doente?

Exemplo simples. “TrabalhaDôr" versus “WorkPain” ( ou “ComputaDôr” versus “ComputPain”).

A palavra “TrabalhaDôr" em inglês lê-se/escreve-se “Worker”. Já imaginás-te se ela se lê-se/escrevesse “WorkPain”. Até os Americanos e/ou Finlandeses seriam muito mais atrasados que nós.

Ou ainda “Ih-Nova-Dôr” / (“Ih-New-Pain”)

Aqui vai mais um texto pequeno elucidativo da culpa da Língua Portuguesa.

Os Portugueses começam o dia, logo pela manhãzinha, ao som do “Desperta Dôr”.

De manhã, logo ao começar do dia, começam a ouvir: “Desperta Dôr”. Está na hora. “A Corda” (parece que vai ser enforcado).

Leva o filho para o Infantário e entrega-o ao “Educa Dôr” dele.

A 2 quilómetros da Fábrica o carro avariou. Era problema no “Carbura Dôr”.

Chegou atrasado ao trabalho e teve que ir falar com o “Admninistra Dôr”. Este disse-lhe que com tantos atrasos o caso dele era “Preocupa Dôr” e que assim o “Emprega Dôr” podia dispensá-lo. Por isso, “Dôr Avante” veja se é “Cumpri Dôr” dos horários.

No trabalho (é “Desenha Dôr” e trabalha num “Estira Dôr” e num “Computa Dôr”) ouve dizer que tem que ser: “Trabalha Dôr”. E que para ser “Ih Nova Dôr” tem que pensar. Ou seja, tem que ser “Pensa Dôr”.

No fim do dia de trabalho, chegam ao “Pré Dio” já cansados e carregam no botão para chamar o “Eleva Dôr”.

À noite, devido ao frio (más construções) tem que ligar o “Aquece Dôr”.

Aproveita para ver o correio e vê que já chegou o seu Cartão de “Dá Dôr” de Sangue.

A mulher, que é Professora de “Má Temática”, desanimada, diz ao “mar ido”: “Oh home. Eu sei que sou boa Professora de “Má Temática” Esforço-me por dar bem as aulas e que os alunos aprendam. Mas nenhum deles gosta de “Má Temática”. Porque será?!”. “Não sei mulher”. Responde-lhe o homem. E volta a colocar o “Ausculta Dôr” para ouvir música.

Vão pôr o filho a dormir e dizem-lhe: “Oh meu filho, tu és “A Dor a Dôr””.

De madrugada, por volta das 3h da manhã, quando finalmente “A Dor Meço” – com a ajuda de Xanax – eu lá “Dôr Mia”.

E no dia seguinte, por volta das 6.30h (é ”Madruga Dôr”), lá está novamente o “Desperta Dôr”.

? Porque é que nós Portugueses somos um Povo de Bandidos (***)?

Traidor / Saqueador / Maltratador / Salteador / In-Cumpridor / Enganador / Burlador / Adulterador / Corrompedor / Escravizador / Fugidor (de Impostos) / Mau Pagador / Violador / Confrangedor / Intimador

(***) a Língua Portuguesa é que origina a maior parte dos Bandidos.


SOLUÇÃO PARA OS PORTUGUESES DEIXAREM DE SER COITADINHOS:

Acabar com a Língua Portuguesa e começar tudo a Falar/Escrever/ Pensar/Imaginar em Inglês.

E assim ficariam “Elegantes”. Ver figura em http://madrigal.blogs.sapo.pt/654.html


Ver mais em “As PALAVRAS ÚTEIS Portuguesas estão, PRACTICA-MENTE, todas XUNGADAS!”, Blog http://eunaodesisto.blogs.sapo.pt, 2.Dez.2005. (http://eunaodesisto.blogs.sapo.pt/arquivo/2005_12.html#870309)


PS: Uma das coisas que mais LAMENTO neste momento é NÃO TER BAGAGEM para explicar porque é que a Língua Portuguesa nos torna tão coitadinhos desde pequeninhos.

Mas sei que há MILHARES DE DOUTORES que têm essa Bagagem e estão muito caladinhos.


EXTRAS:

1 – Canadá despede Emigrantes Portugueses que não saibam Inglês.
http://www.publico.clix.pt/shownews.asp?id=1251467&idCanal=95

É assim mesmo. Eles que aprendam Inglês e/ou Francês. Assim também ganham os filhos.


2 – “Avião da TAP falha pista em São Paulo. LÍNGUA PORTUGUESA CONFUnDE” http://www.correiodamanha.pt/noticia.asp?id=193489&idselect=10&idCanal=10&p=94


mauricio_102@sapo.pt