sexta-feira, outubro 01, 2004

que fazer da vida

A depressão é grande, vejo-me cada vez mais afastado daquilo que procuro, as coisas não surgem no horizonte, será que ele existe? Tudo o que sei é que não o vejo, no entanto alguns dizem que o vêem , ao que me parece.
Estou farto, o pensamento é algo que me inunda de tristeza, quando me deveria encher de alegrias, mas estas feitas por quem?, se tristemente vivem também! Que podem estes produzir?
Não vejo maneira de isto mudar mas também alguém que mude algo, algo bem precioso quererá em troca, enfim é a estória do "dar um chouriço a quem um porco deu ", infelizmente é tudo assim e não me venham com estórias de que não é, que afinal há exepções, porque não.... o que existe só e somente são vontades, de uns e de outros, que teimam a fazer desta vida uma unica revista cor de rosa, na minha opinião mudem de cor....
É tudo o que me apeteceu dizer, partilhar é viver... (já dizia o outro)

1 comentário:

F. Marinho disse...

Parabens... pela escrita... e pelo regresso.

O "bom" filho à casa torna.